Minha Marmita Tem

menu semanal

Planejando a marmita

Marmita não é necessariamente o ~resto da janta de ontem~ que estava na geladeira e você colocou num potinho de plástico para levar para o trabalho. A melhor de todas as vantagens da marmita é você poder escolher exatamente o que vai comer durante a sua semana, além de ter o prazer de cozinhar alimentos frescos com as suas próprias mãos.

Para a marmita não virar um grande festival de restos a solução é simples: planejar!

Aqui em casa, no fim de semana nós já planejamos as marmitas para a semana inteira (menos para o dia do macarrão), decidindo o cardápio completo e quem vai fazer o que. Não há tempo nem disposição durante a semana para fazermos marmita todos os dias. Nós escolhemos bem o cardápio e a comida fica perfeitamente refrigerada e armazenada sem estragar até a sexta-feira.

Para ajudar você no planejamento semanal da sua marmita, aqui vão algumas dicas preciosas:

Evite o desperdício

Antes de decidir o cardápio, veja o que você já tem na sua geladeira e nos seus armários. Veja o que está perto da data de validade e como estão os legumes. Adapte o seu cardápio em torno do que você tem e compre no mercado apenas os complementos que deixarão sua marmita mais interessante e saborosa. O Google é ótimo para isso: digite os nomes dos ingredientes que você tem mais a palavra “receita”. Foi assim que meu namorado achou uma receita incrível de lentilha com tomates! (aguardem!)

planejando a marmita

Base para tudo

Para não ficar perdida na hora em que estiver planejando a marmita, siga a base carboidrato + proteína + leguminosa + legumes + salada.

Macarrão

Ele é a única marmita que fazemos no mesmo dia e não no fim de semana. Como eu já contei, quarta-feira é o nosso dia do macarrão e gostamos de prepará-lo ou na terça-feira ou na própria quarta. Uma dica valiosa para ele não ficar seco é separar o macarrão do molho. Temos um potinho para a massa e outro para o líquido. Assim, só juntamos na hora de aquecer e ele não fica tão seco.

Congele o básico

Tenha sempre arroz e feijão congelados em seu freezer. Reserve um tempinho num fim de semana e faça um monte de uma vez (umas 3 xícaras) e guarde em potinhos pequenos, do tamanho de porções, para não ter que se preocupar com isso toda vez. Saiba tudo sobre congelar alimentos neste post. Olha o nosso freezer como fica:

meu freezer

Saiba variar

Para sua marmita não ficar sem graça, você pode deve fugir do combo arroz+feijão e variar, optando por arroz integral, arroz com quinoa, arroz com espinafre, arroz com legumes, arroz vermelho e por aí vai, além de feijão preto, lentilha, grão de bico e outros milhões de tipos de feijão que você pode fazer.

Escolha bem

A carne pode ser um desafio para quem vive de marmita e não quer levar carne moída toda hora. Qualquer que seja a sua escolha (linguiça, frango ou bife) o melhor é levá-la picada para que não fique seca nem borrachuda. De preferência misture com um molho ou legumes refogados ~bem molhadinhos~ pois é mais fácil de transportar e controlar a porção que você está levando, além de ficar mais saborosa. Nós fazemos o bife de carne cortado em tirinhas (aqui tem um post bem legal sobre isso) e o frango fazemos desfiado. E se quiser levar ovo frito, faça ele mexido e, se possível, apenas uma noite antes de levá-lo na marmita.

Pesquise

Eu não tenho criatividade infinita para fazer comida e mesmo planejando a marmita, tem dias que eu faço só o basicão (tipo arroz, feijão, carne moída e purê). Quando quero levar algo diferente e nada me vem à cabeça, o que eu mais gosto é de passear pelos blogs de receita para ter ideias novas. Você também pode fazer isso e, claro, acompanhar o Minha Marmita Tem para achar alguma receita perfeita para a sua marmita da semana! 😉

 

(Foto da capa: adaptada de Borboletas na Carteira)

Comente o que achou!

comments

14 Comments

  1. Sandra Peres

    21 de janeiro de 2015 at 21:00

    Eu sempre acabo com meus potes de marmita porque não gosto de nafa picado ou desfiado. Vivia de panqueca e strogonoff. Ou levo prato pra deixar no trabalho. Desmonto a marmita e monto o prato. Eu e minhas frescuras na hora de comer.

    1. Rebecca Bittencourt

      21 de janeiro de 2015 at 21:07

      A melhor coisa é ter um prato para comer no trabalho, eu faço isso também, pois é perigoso esquentar a marmita no pote de plástico! Você faz bem!

  2. Como armazenar a marmita - Minha Marmita Tem

    4 de fevereiro de 2015 at 00:22

    […] sua marmita, para que ela fique bem conservada e seja bem transportada. De que adianta saber como planejar a marmita se você não tem como guardar a comida necessária para a sua semana […]

  3. Socorro, não tem nada na geladeira! - Minha Marmita Tem

    7 de fevereiro de 2015 at 15:29

    […] que a gente tente planejar a marmita e deixar a geladeira sempre abastecida e tudo em ordem, tem aqueles dias em que não dá tempo ou […]

  4. Como transportar a comida? - Minha Marmita Tem

    21 de fevereiro de 2015 at 15:23

    […] já te convenci do por quê de levar marmita, ajudei a planejar o cardápio da semana e ensinei a armazenar a comida. Hoje vou dar algumas dicas e contar como eu e meu […]

  5. 7 coisas que estão te impedindo de levar marmita - Minha Marmita Tem

    31 de janeiro de 2017 at 22:45

    […] Ou seja, para mudar as coisas um pouco, faça uma grande quantidade de uma base e adicione outros ingredientes durante a semana, e economize um bom tempo na cozinha. Tudo o que você precisa é de criatividade (e planejamento!). […]

  6. Taina da Silva Santos

    30 de maio de 2017 at 19:48

    Boa noite, só fiquei com uma duvida: eu posso congelar ja para a semana inteira as carnes, linguiças, etc ? ( As misturas neh ) ?

    1. Rebecca Bittencourt

      13 de junho de 2017 at 23:28

      Oi Taina! Se você for comer na mesma semana em que cozinhar, não tem necessidade de congelar, pode apenas deixar as porções separadas na geladeira mesmo. Eu faço no domingo aqui em casa e na sexta-feira ainda estão boas!
      Mas se você precisar, pode congelar sim! Apenas tome o cuidado porque algumas coisas ficam bem ruins quando descongeladas. Falei mais um pouco sobre elas nesse post aqui: http://minhamarmitatem.com.br/alimentos-que-voce-nao-pode-congelar/

      ;*

  7. Tudo o que você precisa saber para começar a levar marmita! - Minha Marmita Tem

    18 de junho de 2017 at 20:21

    […] Planejar seu cardápio é um jeito de tornar a tarefa de cozinhar marmitas mais rápida. Como organizar isso toda semana? Clique aqui para ler. […]

  8. Dicas para a marmita não estragar - Minha Marmita Tem

    23 de janeiro de 2018 at 23:22

    […] Fique atento na hora de preparar as refeições: use alimentos frescos (por isso é importante saber planejar a marmita, assim você nunca terá ingredientes “velhos demais” na sua geladeira e garante que a marmita […]

  9. Os segredos de quem leva marmita todo dia - Minha Marmita Tem

    19 de fevereiro de 2018 at 23:43

    […] Clique aqui para algumas dicas de como planejar a marmita. […]

  10. Eu trabalho em casa. Vale a pena fazer marmita para home office?

    6 de agosto de 2018 at 23:48

    […] como um trabalho normal e fazer exatamente como quando se trabalha fora: as marmitas precisam ser planejadas e feitas com antecedência. Aqui em casa, isso sempre foi feito aos […]

  11. 7 coisas que eu aprendi levando marmita - Minha Marmita Tem

    29 de outubro de 2018 at 06:30

    […] Clique aqui para saber como planejar sua marmita.  […]

Leave a Reply