Minha Marmita Tem

roteiro de viagem buenos aires

Roteiro para Buenos Aires

Hoje faz exatamente um ano que fui para Buenos Aires com meu namorado e um casal de amigos. Foi uma experiência incrível e eu planejei cuidadosamente nossa programação por lá, tanto que meu roteiro de viagem já foi enviado para vários amigos e conhecidos que foram para lá depois (inclusive para pessoas que estão lá nesse momento)!

buenos aires

Como eu adoro esse roteiro, acho que ele deve ser compartilhado com o mundo para facilitar a vida de quem está indo para lá! Boa viagem!

PASSAGENS E HOSPEDAGEM

hotel suipacha

Compramos um pacote de 1 semana com aéreo e hotel pelo Decolar e ficamos no Suipacha Suites Apart Hotel. É um hotel mais antigo (e com decoração antiquada) porém super bem localizado, confortável e os quartos possuem uma mini cozinha (bem útil para os dias em que estávamos cansados e queríamos cozinhar algo no quarto mesmo). O café da manhã era incluso e bem satisfatório – com medialunas, aqueles croissants suuuuper macios e recheados de doce de leite; também tinha janta (cobrada à parte) mas não chegamos a pedir.

Ele fica pertinho da famosa Rua Florida e perto da Estação General San Martín do metrô (linha azul). O endereço é Rua Suipacha, nº 1235 – Bairro Retiro

LOCOMOÇÃO

O roteiro todo foi planejado por áreas de interesse, fazendo com que os passeios de cada dia fossem todos na mesma região, para não ficarmos andando de um extremo ao outro e perdendo tempo. Pegamos muito pouco táxi e andamos bastante a pé ou de metrô. Pelo centro de Buenos Aires há bastante linhas de metrô, então nos viramos bem quando era por ali. Aqui está o mapa do metrô (que pode ser visto interativo e com melhor resolução clicando aqui):

metrô buenos aires

Chegamos num sábado e fomos embora em outro sábado. Então meu roteiro começa por aí. Adapte a sua agenda e fique atento à atrações que acontecem somente em um dia específico (a Feira de Antiguidades de San Telmo, por exemplo). Em Buenos Aires você vai comer MUITO bem, tudo lá tem carne e batata e os vinhos são uma delícia também. Compramos massas frescas em mercado e preparamos no quarto e eram deliciosas. Ou seja: prepare-se para comer muito e comer bem!

Em cada parte do roteiro disponibilizei links para você consultar com mais exatidão preços e horários.

SÁBADO

queijos e vinho

  • Chegada ao Aeroparque: um ônibus fretado faz o trajeto dos 2 aeroportos até um terminal de ônibus em Puerto Madero. Preços, horários e destinos podem ser vistos no site da empresa Tienda León.
  • Comprar chip 3G para o celular. As duas operadoras recomendadas são Movistar e Personal; há quiosques em shoppings e lojinhas oficiais nas ruas. Normalmente os chips já vêm com um pouco de crédito (o nosso veio com 40 pesos e não precisei recarregar) e devem ser pagos em dinheiro vivo.
  • Pub Crawl: é uma visita guiada para uns 3 ou 4 bares da região e normalmente termina a noite numa balada; cada noite é em um bairro diferente, então confira a programação! Você deve ir até o ponto de encontro inicial encontrar o grupo e custa 150 pesos por pessoa; pode ser comprado no site oficial aqui ou pelo site da agência de passeios Bsas4U aqui.

Nós estávamos bem cansados pois tínhamos andado bastante durante o dia para conhecer as redondezas, então compramos queijos, vinho e cerveja num mercadinho perto do hotel e jantamos no quarto mesmo! Foi uma delícia!

DOMINGO

choripan asado

  • Feira de Antiguidades de San Telmo: às 10h todo domingo na Plaza Dorrego, na altura da Rua Defensa com a Rua Humberto Primo (de metrô: linha C azul – Estação San Juan)
  • Suba a pé a Rua Defensa e tome um delicioso sorvete artesanal argentino na Nonna Bianca (que fica a 2 quarteirões da feirinha, na Rua Estados Unidos, nº 425)
  • Continue subindo a Rua Defensa e, na esquina com a Rua Chile, tire uma foto com a Mafalda!
  • Suba mais um pouco a Rua Defensa e, assim que cruzar com a Rua Moreno (na Rua Defensa, nº 269), visite a La Panadería de Pablo, famosa pela ótima comida!

Sem ser planejado, enquanto estávamos subindo a Rua Defensa, encontramos um estacionamento de carros lotado de gente onde estava rolando uma banda ao vivo e o famoso choripán, um lanche delicioso de pão francês, linguiça assada e um tipo de vinagrete temperado com chimichurri, uma delícia! Paramos e comemos por lá!

  • Continue a pé pela Rua Defensa e chegue na Plaza de Mayo (que é a um total de 1,5km do ponto inicial da feirinha).
  • Na Plaza de Mayo, você pode conhecer o centro histórico: a Casa Rosada, a Catedral e o Congresso. A Casa Rosada tem passeios internos guiados grátis a cada 10 minutos, das 10h às 18h e com duração de 1 hora.
  • Saindo da Plaza, ande 700 metros pela Avenida de Mayo e encontre o Cafe Tortoni (Avenida de Mayo, nº 825) e coma um churros de doce de leite com um chocolate quente.

SEGUNDA-FEIRA

roteiro viagem buenos aires

  • Hora de comprar as famosas jaquetas de couro! A Rua Florida não é o lugar mais barato, apenas o mais famoso. O melhor é ir nas lojas de fábrica que ficam uma do lado da outra no Bairro Villa Crespo, nas redondezas da Rua Murillo com Rua Scalabrini (de metrô: linha B vermelha – Estação Malabia). São várias lojas e com certeza você vai perder algumas horinhas escolhendo as milhares de opções; são de couro sintético ou natural e, se precisar de ajustes, você pode negociar e as lojas entregam na recepção do seu hotel em 2 ou 3 dias!
  • De lá, vá para o Museo de Ciencias Naturales, na Avenida Angel Gallardo, nº 490. Abre todos os dias das 14h às 19h e atualmente está 15 pesos por pessoa.
  • Na volta, visite o The Cavern Pub, dentro de uma galeria moderninha e, se quiser, aproveite para visitar o Museo Beatles. Rua Corrientes, nº 1660 (de metrô: linha B vermelha – Estação Callao).
  • Aproveite que está na Corrientes e jante no Niña Bonita, no número 1715. Há opções como parrillada ou pratos mais “normais”, que foi o que pedimos esse dia! Carne e batata são estrelinhas por lá, aparecem em TUDO e o ponto da carne é sensacional (sangrando)!
  • Também é possível visitar o Museo de Armas de La Nación, na Avenida Santa Fé, nº 710 (de 2ª a 6ª das 13h às 19h). Na época a entrada era 10 pesos por pessoa.
  • Perto do Museo há o Buller Pub, na Rua Paraguay, nº 425.

TERÇA-FEIRA

caminito boca juniors tango

  • Dia de visitar o Caminito e o Estádio do Boca! O Estádio tem passeios muito legais guiados pagos com hora marcada, além de uma lojinha oficial do Boca com produtos bem caros bacanas (dica: vá antes ao Estádio para comprar o ingresso do tour e, se tiver que esperar muito para o seu horário, passeie pelo Caminito enquanto isso).  O Caminito é só um quarteirão temático, o resto em volta é um bairro bem feio e pobre. Também é preciso tomar cuidado com as “dançarinas” de Tango que chegam do nada, te abraçam e fazem pose para fotos, pois depois elas cobram de você por ter tirado fotos!
  • -> Não há metrô lá perto e nós fomos de ônibus, pegamos o 152 (que passava pertinho do nosso hotel) e descemos no ponto final (que fica a uns 2 quarteirões do começo do Caminito, mas cuidado pois a região não é muito amigável). Na volta, pegamos novamente o 152 e pedimos para descer na frente da Faculdade de Medicina; de lá fomos a pé até o Puerto Madero para almoçar; é uma infinidade de opções de restaurantes. É uma caminhada razoável, se preferir pegue um táxi da Faculdade até o Puerto.
  • Señor Tango: há milhares de casas de shows de Tango, mas resolvemos escolher essa e não nos arrependemos, é uma experiência incrível e emocionante! Compramos pela agência Bsas4U (neste link), que tinha preços mais baratos do que pelo site oficial da casa, além de nos oferecerem uma van que nos pegou e deixou de volta no hotel.

Desvendando a compra do show de tango:

  • fecha é a data escolhida para o show;
  • escolha a opção com traslado para maior conforto e comodidade;
  • cena é a janta, você já vai estar lá, então aproveite tudo o que tem direito!
  • VIP é em relação aos lugares: a casa possui o andar do palco e alguns mezaninos; segundo a agência, os VIPs são os melhores lugares e sem VIP são lugares ok, um pouco mais longes. A única coisa ruim é que não há mapa de mesas, então você só descobre seu lugar na hora que chega.

QUARTA-FEIRA

floralis generica

  • Passe o dia no Bairro Recoleta (lindo, arborizado e com prédios antigos lindos!)
  • Love Locks: uma grade onde os casais colocam um cadeado com seus nomes/datas/etc escritos. É uma surpresa fofa e romântica para fazer para seu amor! Rua Aguero, nº 2391 (de metrô: linha D verde – Estação Aguero).
  • Cemitério da Recoleta: ver a tumba da Madonna Evita Peron e todas as outras, muito ricas e bonitas; aberto todos os dias das 7h às 17h45, entrada grátis. Rua Junin, nº 1760)
  • Centro Cultural Recoleta: ao lado do cemitério. Visite o Museo Participativo de Ciencias “Proibido Não Tocar” que fica lá dentro. Perfeito para crianças, mas a gente também adorou! São experiências práticas para descobrirmos a física ~com as próprias mãos~. Entrada 65 pesos por pessoa e os horários variam de acordo com a época; clique aqui para conferir.
  • Para almoçar: Empanadas El Sanjuanino, as famosas empanadas deliciosas de Buenos Aires! Fica na Rua Posadas, nº 1515 e fica aberto para almoço até às 16h!
  • Fuerza Bruta: esse ano esse espetáculo mágico e incrível veio para o Brasil cobrando ~milhões~ e lá no Centro Cultural Recoleta foi muuuuito mais barato! Pelo site deles, lá na Argentina estão “de férias” essa temporada, mas confira quando você for para ver se eles vão estar por lá clicando aqui.
  • Museo Nacional de Bellas Artes, na Avenida Del Libertador, nº 1473. Entrada grátis, confira os horários aqui.
  • Escultura Floralis Generica: aquela flor gigantesca de aço que abre ao nascer do sol e fecha ao por do sol (porém atualmente está quebrada e só é legal ver de dia)! Fica na Avenida Presidente Figueroa Alcorta, nº 2263.
  • Ao lado da Floralis Generica fica a Faculdade de Direito, um marco arquitetônico da cidade. Aproveite para ver o pôr do sol nas escadarias!
  • Jante no Hard Rock Cafe, que fica dentro do Centro Cultural Recoleta!

QUINTA-FEIRA

temaiken

  • Tire o dia para ir ao Bioparque Temaikèn, um Centro de Preservação de Vida Selvagem. Fica em outra cidade (a uns 50km de Buenos Aires) e é um paraíso para os animais, com diversas áreas e uma super infraestrutura. Além dos animais, possui cinema, aquário, área de morcegos e praça de alimentação. A entrada mais cara é 210 pesos e você pode conferir preços mais baratos e horários aqui. Para chegar lá, há um ônibus fretado (o Linha 60) que sai da Plaza Italia (de metrô: linha D verde – Estação Plaza Italia) e vai até o parque; apenas confirme com o motorista se o carro que você irá pegar é o que vai até o Temaikèn. O próprio site explica outras formas de chegar, clique aqui para conferir.

SEXTA-FEIRA

rosedal jardin japones

  • Nesse dia você pode passear pelo bairro Palermo, muito charmoso e cheio de cafés, restaurantes e vários parques. Minhas dicas são:
  • Jardim Japonês – realmente um jardim japonês gigante lindo e com ótimas paisagens para fotos. Dá vontade de morar nesse lugar! A entrada é um pouco salgada (50 pesos por pessoa) por ser somente um parque, mas eu fiquei super satisfeita com a beleza do lugar! Fica na Avenida Figueroa Alcorta esquina com Avenida Casares (de metrô: linha D verde – Estação Plaza Italia).
  • Rosedal – é literalmente um rosedal, um parque lindo (com entrada grátis) com uma área enorme cheia de rosas (rezam as lendas que são 18 mil!!!), coisa linda!
  • Planetário – não é apenas um planetário (que por si só já é bem legal e parece uma nave espacial), mas no local há shows, projeções de filmes e até um show de tango em volta do edifício. Consulte valores e horários no site!

SÁBADO

la garza lola

  • Se tiver um dia sobrando, tire um tempo para almoçar no La Garza Lola, um restaurante numa casa antiga e rústica situado em uma área mais afastada da cidade. Fomos levados por nossa amiga Alejandra e comemos parrilla à vontade! Atenção: parrilla não é apenas um churrasco, os cortes são diferentes e você deve estar disposto a experimentar coisas novas, pois entre os pratos há rins, intestino e até garganta. Experimente sem preconceito! O lugar só aceita dinheiro.

Se você quiser, pode dar uma olhada no meu álbum do facebook onde compartilho fotos de todos os dias que passamos lá. É só clicar aqui.

DICAS

  • Citei várias vezes a agência Bsas4U para os passeios. Eles possuem várias opções de passeios para todos os gostos e são super atenciosos (eu mesma antes de comprar o Señor Tango com eles tirei mil dúvidas por chat e fui muito bem atendida). O pagamento é feito no site com cartão de crédito internacional e rola negociar um desconto se for um grupo grande ou se você comprar vários pacotes de uma vez!
  • O Buenos Aires Bus pode parecer interessante, pois tem um valor de passagem único e passa por vários pontos turísticos de Buenos Aires, podendo descer onde você quiser e depois pegar o próximo. Porém, li diversas reclamações como por exemplo ele sempre passa lotado e não deixa ninguém mais subir, tem poucos ônibus e você perde muito tempo esperando. Por isso é melhor ir de metrô onde puder ou pegar táxi.
  • Você pode comprar a “tarjeta sube” que é um bilhete único para ônibus e metrô nos correios. Não me lembro se nas próprias estações de metrô elas estão à venda.
  • Os boatos sobre os taxistas argentinos infelizmente são verdadeiros em alguns casos. Pegue um mapa da cidade na recepção do seu hotel ou em quiosques para turistas espalhados pela cidade e fique sempre atento ao caminho que eles estão fazendo. Também evite pagá-los com notas muito altas para não receber notas falsas de troco. Quando for uma corrida muito longe, pergunte o preço ANTES (por exemplo, do aeroporto até o seu hotel).
  • Em vários lugares há quiosques para informações ao turista e eles dão um mapa da cidade com as linhas de metrô, é de graça!
  • Em toda a cidade há os maravilhosos quioscos, lojinhas cheias de quitutes e repletas de alfajores de várias marcas. Dá pra fazer a festa! A minha marca favorita de todas foi o Vauquita, mas são várias texturas, sabores e consistências diferentes, portanto, prove todas as marcas que puder! Aproveite também para se acabar no sorvete da Freddo, que é mil vezes mais barato do que aqui e compre potes e mais potes do doce de leite deles!

alfajores buenos aires

  • A maioria dos lugares só aceita pagamento em dinheiro vivo. Porém, alguns aceitam em dólares e até em reais. Vai de você decidir se vale a pena!
  • Uma coisa muito legal que eu queria fazer mas não deu tempo é o Argentine Experience. Não chega a ser uma aula de culinária, mas você vai conhecer vários conceitos das comidas de lá e “fazer” sua janta. Tem degustação de vinhos, empanadas e alfajores. Parece muito legal!

RESTAURANTES RECOMENDADOS

  • La Cocina Empanadas Catamarqueñas (Rua Florida, nº 142) – melhores empanadas que comemos em Buenos Aires!!! Fica numa galeria de rua, no andar de baixo, lá no fundo.
  • Don Julio (Rua Guatemala, 4699 – Bairro Palermo Viejo)
  • La Cabrera (Rua Jose Antonio Cabrera, 5099 – Bairro Palermo Soho)
  • La Cholita (Rua Rodriguez Peña, 1165 – Bairro Recoleta)
  • Sorrento (Rua Posadas, 1053 – Bairro Recoleta)
  • La Vineria de Gualterio Bolívar (Rua Bolívar, 865 – Bairro San Telmo)
  • El Desnível (Rua Defensa, 855 – San Telmo)
  • Tomo 1 (Rua Carlos Pellegrini, 521 – torre sul do Panamericano Hotel – Centro na frente do Obelisco)
  • Sotto Voce (Av. Del Libertador, 1098 – Recoleta)
  • Il Gato (Rua Posadas, 1052 – Recoleta)
  • La Barrigada (Rua Estados Unidos, 465 – Centro)

BARES RECOMENDADOS

  • The Cavern Pub (Rua Corrientes, 1660)
  • Pub Puerta Roja (Rua Chacabuco, 733 – San Telmo)
  • Portezuelo (Rua Vicente López, 2160 – Recoleta)

OUTROS

  • Dr Candy (loja de balas e doces com embalagens que parecem remédios, para comprar por peso) – Rua Pasaje Santa Rosa, 4985 – Palermo Soho
  • Teatro Colon – teatro antigo e tradicional, perto do Obelisco
  • Livraria El Ateneo – famosa por ser em um antigo teatro (Estação Callao linha D)
  • Manzana de Las Luces (túnel por baixo da cidade, que vai das ruas entre o Cabildo e a Plaza de Mayo – grátis)
  • Centro Cultural Borges (perto do Obelisco) – aulas de tango grátis para turistas
  • Confitería Las Violetas (Av. Rivadavia com Rua Medrano – de metrô: linha A azul clara  – Estação Castro Barros) – padaria com muitas opções de doces, bolos e chá da tarde.

 

Anotou tudo? Boa viagem!

Comente o que achou!

comments