Minha Marmita Tem

tipos de arroz

Principais tipos de arroz

Cada um possui uma qualidade específica, seja em relação ao seu valor nutritivo ou na mudança de sabor. Conheça mais sobre cada variedade e tenha vários tipos de arroz na hora de montar seu cardápio.

 

Arroz agulha

tipos de arroz

É o arroz branco, mais consumido no Brasil. Ele também é chamado de arroz polido pois sua casca é retirada na fabricação. Por causa disso, o que sobra praticamente é só o amido, sendo esse o arroz menos nutritivo de todos.

Apesar disso, é o mais fácil de achar, mais barato e de preparo mais rápido, por isso que é o arroz mais consumido no país.

Dica: para aprender a fazer um arroz branco perfeito, veja este post

 

Arroz integral

tipos de arroz

O arroz integral não é um tipo diferente de arroz: é a mesma variação do arroz agulha, porém ele não foi descascado em sua produção.

Assim, ele tem até 3 vezes mais fibras do que o arroz branco, mais magnésio e a presença das vitaminas A, B1, B2, B6 e B12.

Ele também é fácil de ser encontrado no mercado, porém é um pouco mais caro do que o arroz agulhinha.

Por ter casca, seu sabor é mais forte e ele demora mais tempo para cozinhar.

Dica: ao seguir qualquer receita de arroz integral, experimente o grão quando a água da panela secar. Se ainda estiver duro, coloque água aos poucos e deixe no fogo baixo, sempre acompanhando o ponto do arroz.

 

Arroz parboilizado

tipos de arroz

O processo de produção do arroz parboilizado é um pouco diferente e deixa ele pré-cozido: ele é fervido com casca, o que faz com que seus nutrientes e minerais passem da casca para o interior do grão.

Porém, como é vendido sem a casca, seu cozimento em casa é bastante rápido por ser pré-cozido. Costuma ser fácil de achar nos mercados e lojas de produtos naturais.

 

Arroz cateto ou arroz japonês

arroz cateto

O arroz cateto também é conhecido como japonês pois é a base dessa culinária. Ele tem muito mais amido do que os outros tipos e os grãos são bastante curvados e curtinhos.

Depois de cozidos, ficam bastante macios e cremosos por causa do amido, dando o efeito “grudado” que vemos em receitas orientais.

Também existe a versão integral do arroz cateto, que assim como o arroz integral “normal”, também precisa ser cozido por mais tempo.

 

Arroz arbóreo

arroz arbóreo

É o arroz mais famoso para o preparo de risotos, pois contém bastante amido, o que o torna mais cremoso quando preparado. Ele também absorve muito facilmente os temperos, fazendo com que fique bem saboroso quando preparado com um caldo bem condimentado.

Ele é vendido sem casca, por isso não tem muito valor nutricional. Seu preço é bem elevado, porém, em compensação, rende bastante quando preparado.

Dica: clique aqui para aprender a fazer risoto

 

Arroz basmati ou arroz indiano

arroz basmati tipos de arroz

De origem indiana, é um arroz com bastante personalidade: é aromático e tem um gosto próprio, sendo recomendado não usar nenhum tempero ao prepará-lo. Harmoniza muito bem com pratos condimentados com curry.

Seus grãos são bastante compridos e é possível cozinhá-lo sem adicionar muito óleo, pois é um arroz que não gruda facilmente.

O arroz basmati também existe na versão integral e, para encontrar tanto ele quanto a versão normal, você deve procurar uma loja de produtos indianos ou orientais. Não confunda com o arroz de jasmim, que também é bastante perfumado.

 

Arroz vermelho

tipos de arroz

O arroz vermelho surgiu originalmente na China. Como ele é apenas parcialmente polido, não perdeu seu valor nutricional, e apresenta muito mais ferro e zinco do que o arroz branco, além de ser rico em monocolina, que ajuda a reduzir o colesterol ruim.

Pode ser feito do mesmo jeito que o arroz normal e é relativamente fácil de achar. Seu gosto é um pouquinho defumado e fica perfeito com carnes brancas!

 

Arroz negro

arroz negro

Pode parecer estranho comer um arroz que é preto, mas ele é riquíssimo em nutrientes: tem antioxidantes, vitaminas, proteínas e fibras, o que previne o envelhecimento precoce e doenças cardiovasculares. Incrível, né? Ah, e ele não é tingido, nasceu assim mesmo!

Sua textura é bem firme, al dente, não ficando tão mole quando preparado, seu sabor também é bem mais forte, por isso combina mais com receitas mais caprichadas, como frutos do mar, carnes exóticas e peixes saborosos.

Eu já fiz aqui em casa uma vez e servi com peixe e tomates assados, ficou muito gostoso e é ótimo para deixar sua refeição com um toque especial.

 

Arroz selvagem

principais tipos de arroz que existem

Esse tipo de arroz não é tão comum ainda no Brasil, porém é bastante consumido na China, Canadá e Nova Zelândia.

Por incrível que pareça, ele não é um arroz de verdade, mas um tipo de gramínea. Tem um sabor mais doce e cheiro de ervas, é escuro e bem longo, 3 vezes maior do que o arroz branco.

Ele é muito nutritivo, rico em fibras e proteínas e quase sem gorduras. Fica bem com carnes exóticas como pato ou carnes de caça (por exemplo: javali) e pode ser encontrado em lojas de produtos naturais.

 

Arroz de jasmim

arroz de jasmin

Fácil de ser confundido com o basmati, o arroz de jasmim também é bastante perfumado e é até considerado um dos arrozes mais aromáticos do mundo. Porém, não é tão cremoso quanto o basmati.

Ele também é conhecido como arroz thai, pois tem sua origem na Tailândia, mas não é tão fácil de encontrar para comprar em mercados comuns.

 

Arroz bomba

tipos de arroz

Apesar do nome estranho, o arroz bomba é o mais indicado para o preparo de paella. Seu grão é curtinho e absorve bastante a água de cozimento, ideal para um prato seco como a paella. Também fica muito bom com carnes brancas e peixes.

Se você não encontrar arroz bomba para fazer paella, pode substituí-lo pelo arroz arbóreo.

 

Esses são os principais tipos de arroz que citei, porém existem muitos outros que são típicos de certas regiões e bastante difíceis de encontrar no Brasil.

Ficou com vontade de experimentar algum arroz diferente? Me conte quais os seus tipos de arroz preferidos!

Comente o que achou!

comments