Minha Marmita Tem

molhos italianos clássicos

Os molhos italianos mais clássicos

Os molhos italianos mais clássicos não são apenas para você provar em restaurantes chiques. É possível fazê-los em casa e, para dar uma ajudinha, hoje eu explico o que é exatamente cada tipo de molho de macarrão.

 

Macarrão alho e óleo

Não podemos chamar de molho exatamente, mas é um dos mais famosos e mais fáceis de fazer. Afinal, você só precisa caprichar nos dois ingredientes principais! Só tome cuidado para não fritar o alho por tempo demais e ele ficar queimado.

Dica: adoro fazer esse molho em casa e de vez em quando adiciono tomate picado, cebolinha e muuuuito queijo ralado!

 

Macarrão ao sugo

É molho de tomate, mas não é apenas molho de tomate. De preferência, ele é caseiro e temperado com alho, cebola, manjericão, louro e salsa. Fica bom para acompanhar massas recheadas.

 

Macarrão à bolonhesa

O clássico dos clássicos. Nada mais é do que um molho de tomate com carne moída bem temperada, perfeito para os dias em que você quer uma comida quentinha e caseira. Já mencionei que fica muito bom com queijo ralado? Tem receita de macarrão à bolonhesa neste post.

 

Macarrão com queijo e pimenta

Muito simples, porém bastante picante, o clássico Cacio e Pepe (literalmente queijo e pimenta) só usa esses dois ingredientes somados à água do cozimento.

Parece bem fácil, mas é complicadinho de fazer, pois o macarrão deve ser escorrido e imediatamente misturado ao queijo e a um fundinho de água do cozimento e o molho precisa ficar no ponto exato: bastante cremoso, quase como um creme de leite. Parece mágica e é uma delícia!

 

Macarrão à carbonara

Notícia ótima para quem não dispensa um macarrão: já ensinei a receita do carbonara aqui e descobri que ele continua gostoso mesmo depois de requentado para marmita!

Esse molho leva bacon, pimenta do reino e ovo cru, além de bastante queijo ralado.

 

Macarrão à putanesca

Como não lembrar da “puta vesga”? (Se você ainda não assistiu ao filme Estômago, assista agora!) Esse molho é bastante forte e salgado: é feito com tomates, pimenta calabresa, alho, azeitonas, salsinha, alcaparras e anchovas.

 

Macarrão parisiense

Talvez você já tenha feito esse molho sem saber o nome dele! Um dos molhos italianos mais feitos por quem mora sozinho e quer uma opção prática, o parisiense leva bechamel (ou creme de leite), ervilhas e presunto picado.

 

Macarrão alfredo

Esse molho é mais comum de ser feito para acompanhar macarrão do tipo fettuccine e leva manteiga, queijo parmesão e noz moscada. Como é bem básico, fica ótimo para acompanhar carnes ou um frango assado.

 

Macarrão ao pesto

Uma delícia que deveria ser mais explorada (inclusive por mim), o pesto mais comum é o de manjericão e é feito obviamente com manjericão, azeite, nozes, alho e queijo triturados no mixer. A dica é bater tudo junto e só adicionar o manjericão para triturar por último.

 

Existem outros molhos italianos clássicos, porém, muito menos comuns de serem feitos no cotidiano. Esses que listei estão aí para provar que dá para fazer comida italiana clássica em casa com ingredientes simples.

Qual o seu molho clássico preferido?

 

(Foto da capa: Pawel Rekas/Unsplash Stock)

Comente o que achou!

comments