Minha Marmita Tem

omelete de forno

Omelete de forno

Um omelete é o prato ideal para quando você não quer ter muito trabalho nem fazer pratos com muitas etapas. Ele também é ótimo para você conseguir aproveitar todos os legumes que estão na sua geladeira para que não estraguem. Ele é como um arroz de forno, só que com ovo! 😉

gif ovo fail

Ele também não tem absolutamente nenhum segredo na hora de ser preparado, é extremamente simples e você pode seguir a sua intuição e colocar a combinação de complementos que desejar! Também é muito melhor fazê-lo no forno para não gastar um monte de óleo e ficar tudo cheirando à fritura.

Aqui em casa, depois que fizemos pela primeira vez e vimos que deu certo, incorporamos a receita em nossa rotina e volta e meia ele aparece em nosso cardápio, tanto que já perdemos as contas de quantas vezes fizemos e com quais variações de recheio.

Nós tivemos a sorte de comprar uma forma de cerâmica por um preço ótimo e ela é uma das nossas queridinhas da cozinha: fazemos desde omelete de forno a brownie, passando por lasanha e peixe assado! Usamos com bastante frequência há uns dois anos e só agora a borda começou a ficar gasta.

forma de cerâmica

Para nós dois, o tamanho dela dá certinho para um omelete de forno para 2 dias (não comemos apenas o omelete: levamos também um potinho com arroz e outro de salada). Claro que você pode fazer em uma forma de tefal ou de vidro, use o que tiver em casa!

A preparação é muito simples, mais simples impossível!

  • Veja tudo o que você tem na geladeira e analise o que fica bom misturado com o que (aqui é hora de ousar, meus amigos!);
  • Tudo funciona como uma torta: você mistura os ingredientes e o ovo será a “massa”, dando liga a todas as coisas;
  • Não se esqueça de temperar muito bem, para que o gosto do ovo não se torne enjoativo, mas se colocar queijo e presunto, lembre-se que eles já são um pouco salgados;
  • Algumas pessoas gostam de colocar um pouco de leite para quebrar o gosto do ovo, mas eu não faço questão;
  • Em um omelete de 4 porções, use 4 ovos. Se depois de adicioná-los à forma junto com os legumes você perceber que ficou legumes demais para ovo de menos, coloque mais um ovo ou dois;
  • Se quiser (e couber na forma), coloque uma colher de sopa rasa de fermento.

Deve haver um espaço de pelo menos 2 dedos entre o omelete e o topo da forma, para não transbordar.

Como fazer:

  • Prepare os legumes, pique o que precisa ser picado, rale o que precisa ser ralado. Algumas coisas ficam melhor se forem raladas, como por exemplo a cenoura e a abobrinha;
  • Numa bacia grande, coloque os legumes crus e tempere-os como desejar;
  • Quebre os ovos separadamente e junte aos legumes, misturando tudo com um garfo. Certifique-se de que as gemas estouraram e se incorporaram bem;
  • Unte a forma com um papel toalha molhado com um pouquinho de azeite de oliva e despeje a mistura;
  • Leve ao forno (pode ser sem papel alumínio mesmo!) numa temperatura de média para baixa. Se o seu forno for muito forte, fique atento para não queimar por cima e continuar cru no meio;
  • Depois de 20 a 30 minutos, abra o forno e faça o teste do palito. Se achar que ainda está muito mole, devolva e confira a cada 5 minutos.
  • Tire do forno e não se assuste: conforme o omelete esfria, ele encolhe um pouco e fica mais baixo. Sendo assim, fica muito mais fácil cortá-lo e desenformá-lo!

Lembre-se: quando for levar omelete na marmita, faça no máximo 2 dias antes e deixe bem refrigerado!

Separei alguns dos milhares de omeletes de forno que já fiz para vocês se inspirarem:

omelete de forno

omelete de forno com batata

omelete forno receita

 

Fez um omelete de forno também? Eu quero ver e curtir! Poste com a hashtag #minhamarmitatem

Comente o que achou!

comments

  • Laís Haná Izumi

    Eu nunca curti omelete… Até que eu descobri a “culinária intuitiva” e vi que as minhas omeletes ficam boas se eu usar a criatividade e for “catando” coisas na geladeira e juntando tudo kkkkk
    Mas não adianta… Omelete pra mim tem que ter ketchup em cima. Minha mãe queria me matar quando eu jogava ketchup na omelete de alho poró dela hahahahaha

    Tão gostoso ler seu blog! Tá de parabéns =)
    =*

    • HAHAHAHA minha irmã é dessas que colocam ketchup EM TUDO!!! Ela concordaria com vc 😉

      AAAhh obrigada Liz <3

  • Sandra Peres

    Eu sou das que mistura um pouco de leite e ainda coloco uma pitada de fermento, sempre acho que cresce mais, pra no final murchar mais hehehe. Dependendo do recheio já é uma refeição completa.
    Esse de abobrinha me deixou até com dor no coração. Preciso fazer feira!

    • A abobrinha eu coloco crua e ralada e dependendo ela fica super crocante, é uma delícia!!!

  • ADORO ovo. Hahahaha. De tudo quanto é jeito e nunca experimentei uma omelete de forno, taí algo que vou tentar 🙂

    • Eu sou assim com batata, gosto de todos os jeitos!!

      Posta uma foto, quero ver se vc gostou 😀

  • Pingback: Como armazenar a marmita - Minha Marmita Tem()

  • Norma Peyrer

    Eu tenho uma dúvida. No caso da batata, precisa dar uma pré-cozida antes de misturar e ir p forno?

    • Se a batata já está meio molinha, eu coloco direto no forno! Sempre corto em cubinhos pequenos ou fatias bem finas!
      Se você achar que ela está dura demais, corte do jeito que preferir e coloque na água fervendo (atenção: ela precisa já estar fervendo antes de colocar as batatas) e deixe no máximo 5 minutos lá! Depois escorra e junte à omelete para levar ao forno!

  • Pingback: Socorro, não tem nada na geladeira! - Minha Marmita Tem()

  • Pingback: Tipos de batatas e o que você pode fazer com elas - Minha Marmita Tem()

  • Jéssica Bertaioli

    Olá. Uma dúvida…Por quanto tempo posso deixar fora da geladeira? Saio de casa às 8 horas, e faço meu lanche as 11. Não tenho como refrigerar. Estragaria 3 horas fora dá geladeira?
    Muito obrigada pelas dicas!
    Beijos