Minha Marmita Tem

como fazer lasanha

Lasanha com brócolis

A Rebecca me pediu para fazer um post sobre arroz, já que ela diz que meu é muito bom, mas eu decidi que hoje vou falar sobre lasanha! Não que eu ache arroz uma comida sem importância, pois eu adoro arroz. Mas, se a ideia aqui é incentivar o leitor a cozinhar (e, por consequência, levar marmita), acho mais interessante começar por algo que, por si só, já é a refeição completa.

Para mim, o grande segredo da culinária é não ter medo de cozinhar e acho que o arroz tem uma relação satisfação x dificuldade pequena pra alguém que esteja começando. Por isso, ele fica pra próxima! Até porque, eu já estava bem acostumado a preparar lasanhas quando fiz meu primeiro arroz.

A lasanha é uma comida em camadas, da mesma forma que um pavê ou até mesmo um sanduíche. Colocando as camadas na ordem certa, não há muito onde errar. Podemos dividir a lasanha (e outras comidas em camadas) em três tipos de ingredientes:

  • Massa: é o que mantém tudo junto
  • Molho: deixa a comida suculenta (e, no caso da lasanha, ajuda na hora de cozinhar a massa)
  • Recheio: dá o sabor da comida. Além de carnes ou legumes, um recheio essencial para uma lasanha saborosa é queijo – MUITO queijo.

Há também casos onde o recheio e o molho se misturam, virando uma coisa só, como quatro-queijos, frango desfiado com catupiry ou molho bolonhesa. Para montar uma lasanha, antes de levá-la ao forno (pois a massa precisa dar uma cozinhada para não ficar dura), basta seguir a ordem:

molho (sempre comece com molho!), massa, molho, recheio, molho, massa, ad infinitum (ou até acabar a assadeira), terminando com molho em cima.

Você não precisa afogar sua lasanha em molho a cada camada, bastando uma sujadinha, mas é interessante dar uma atenção especial para o molho que vai entre a camada da massa, para cozinhar melhor.

Como deve ter dado para perceber, no preparo de uma lasanha, mais importante do que dotes culinários é a organização. Na cozinha, o termo usado é mise en place (francês para “pôr em ordem”), que nada mais é do que uma pré-preparação da receita. Isso é feito ao separar os ingredientes, cortar os que precisam ser cortados, aquecer os que precisam ser aquecidos e coisas do tipo. Basicamente, é aquilo que a gente vê nos programas estilo Ana Maria, onde todos os ingredientes já estão separadinhos, prontos para serem usados na receita. Viu, agora você pode não saber ainda fazer uma lasanha, mas conhece um termo esnobe pra se exibir por aí!

seleção ingredientes

O básico da montagem da lasanha é o que eu expliquei acima. Agora, pra gente se arriscar na cozinha, vou passar uma receita minha que a Rebecca gosta bastante. Originalmente, essa era uma receita vegetariana (ovo-lacto-vegetariana) que eu inventei quando dividia apartamento com um amigo vegetariano (O’RLY). Mas depois, substituí o mix de vegetais por presunto. Mas, em suma, é a mesma coisa. Então você pode escolher o jeito que prefere prepará-la.

Outra coisa importante é escolher bem qual assadeira/refratário você vai utilizar. Isso vai influenciar diretamente na quantidade de ingredientes você vai utilizar. Aqui em casa, costumo utilizar uma assadeira pequena, de 25x18cm quando faço apenas para mim e para a Rebecca (e, mesmo assim, sobra). Também usamos uma outra, de 28x22cm quando vamos receber alguém aqui. Apesar de ser retangular, é praticamente impossível encaixar perfeitamente a massa na assadeira. Por isso, não se incomode com pequenos espaços vazios ou sobreposição da massa. Como eu disse anteriormente, o importante é perder o medo e cozinhar algo saboroso!

pedaços de massa lasanha

Ingredientes:

  • 1 pacote de lasanha pré-cozida (200g)
  • 3 pacotes de molho de tomate pronto
  • 300g de presunto (para a versão vegetariana, substituir por 2 pacotes de mix de legumes congelados)
  • 300g de queijo mussarela
  • 1 pacote de brócolis congelados (300g)

Molho:

  • Aqueça uma panela com água e coloque os brócolis congelados. Retire-os e escorra a água quando estiverem macios (algo que deve demorar uns 5 minutos). Espete-os com o garfo para saber se já estão bons.
  • Coloque os brócolis em um mixer (ou liquidificador), adicione 1 pacote de molho de tomate e bata para que os brócolis sejam triturados, se incorporando ao molho.
  • Aqueça o restante do molho em uma panela e acrescente a mistura de brócolis batido. Utilize fogo baixo e mexa quando necessário, para que o molho não queime ou grude no fundo da panela. É importante deixar o molho aquecido, pois isso ajuda no cozimento da massa. Salgue a gosto, mas lembre-se que o presunto já tem sal, bem como o queijo. Se quiser, você pode acrescentar outros temperos ao molho, como pimenta do reino ou mostarda.
  • Se você for preparar a versão vegetariana da lasanha, é hora de preparar o mix de legumes da mesma forma que fizemos com os brócolis, deixando-os cozinhar até ficarem fáceis de espetar com o garfo.

lasanha vegetariana brócolis

Após terminar o molho, acenda o forno e deixe em 180ºC~210ºC (o segundo ou terceiro marcador do seu forno) sem nada dentro. Isso é chamado de pré-aquecimento e é necessário em todas as receitas que usam o forno, garantindo um controle maior do tempo de preparo, bem como o sucesso das receitas. Para a lasanha, é preciso aquecer por uns 10 minutos, tempo médio necessário para a montagem.

Nesse ponto, vale a pena dar uma consultada nas instruções de cozimento do pacote da massa da lasanha que você comprou.

Montagem:

Ela segue aquele esquema apresentado acima: molho, massa, molho, recheio, molho, massa… Porém, uma das melhores coisas de você preparar sua própria refeição é escolher o quanto de recheio você vai colocar – sem miserê!

como fazer lasanha

Por isso, eu costumo montar minha lasanha colocando 3 camadas de recheio entre cada camada de massa. Normalmente, eu abuso no queijo, que acho mais saboroso, mas você pode ir fazendo como acha melhor (ou até acabar os ingredientes). Para mim, o ideal é a lasanha ter de 3 a 4 camadas de massa, colocando uma última camada de queijo por cima e molho, cobrindo tudo.

Dica!

O pincel de cozinha pode parecer frescura, mas ele ajuda MUITO na hora de espalhar o molho entre as camadas da lasanha! Achamos baratinho numa loja de R$1,99.

pincel para molho

Terminada a montagem da lasanha, cubra a assadeira com papel alumínio, deixando a parte brilhante para dentro (que é o jeito certo de usá-lo, já que a parte brilhante reflete mais o calor, ajudando no cozimento). Após cobrir, coloque-a no forno pré-aquecido e siga a instruções do pacote da massa para o tempo de cozimento.

Outra dica!

Vale a pena dar uma experimentada na massa antes de retirar completamente o papel alumínio, abrindo apenas um canto e cortando um pedacinho da lasanha (com massa) para ver se não está muito dura ainda. Se achar que ainda não está pronta, coloque-a novamente no forno por mais 5 minutos. Repita isso até estar satisfeito com a massa. Muito mais importante do que seguir uma receita à risca é utilizar os seus sentidos na hora de cozinhar. Preste atenção no cheiro, aparência e, principalmente, no sabor dos alimentos. É comum a gente se esquecer de provar aquilo que está cozinhando, mas, muitas vezes, é isso o que diferencia uma refeição bem preparada de uma ruim.

lasanha presunto e queijo

Boa sorte!

Se fizer a lasanha, poste com a hashtag #minhamarmitatem pra gente poder curtir!

Se você quiser fazer outras receitas de lasanha, confira:

Lasanha de berinjela

Rolinhos de lasanha (também conhecida como lasanha de solteiro)

Comente o que achou!

comments

  • Thiago

    “Postado por Rebecca” começando com “a Rebecca me pediu para fazer” ?
    arruma isso aí =)

    • Probleminhas técnicos no wordpress, tá dando erro na hora de adicionar o autor =p
      ~estamos trabalhando nisso~
      hehe
      :*

      • Thiago Neto

        Aeeeee!!! Vou chamar o Mario agora de “O Namorado”
        Alias, o icone do blog ainda está com uma folha em branco, e não com o garfinho simpático.
        Mais um problema técnico para olhar >_<

  • Sandra Peres

    Eu viciei numa mesma receita de lasanha, com bolonhesa e molho branco, vou tentar essa com brócolis, só estou querendo junta los ao molho branco.
    Parabéns pelo post, foi a melhor descrição de lasanha que já li na minha vida.
    Ainda espero a dica do arroz!

    • A dica do arroz é um super quebra-galho! Vamos ver quando o Sr. Namorado irá compartilhar seu super segredo hahaha

  • Posso só meter o bedelho rapidão? Uma dica MESTRA da Dona Minha Mãe pra cozinhar bem a massa e tornar tudo ainda mais suculento e cremoso: depois de fazer todo o processo, despejar leite na forma até quase transbordar. FIca diferente, mas muito bom!

    Uma vantagem: fica cremoso, quite literally.

    Uma desvantagem: os sabores se misturam mais, a lasanha fica quase homogênea, saboristicamente falando. Claro que, com bons ingredientes, esse sabor homogêneo será bom, mas a riqueza de sabores diferentes a cada camada diminui.

    Por falar nisso, mais gente aí come lasanha por camadas (de cima para baixo) ou todo mundo (fora eu) fatia seu pedaço?

    • Mário Henrique Perin Bernardo

      Preciso testar isso!

  • Alline Oliveira

    Essa lasanha foi a primeira refeição que meu namorido fez para mim, graças à indicação do Mario, e eu AMEI! É sucesso garantido, podem fazer sem medo! Estou adorando acompanhar as postagens de vocês, parabéns pelas dicas e receitas deliciosas! 🙂

    • É muito gostosa né? Não é a toa que me seduziu hahaha
      Obrigada, Alline! :*

  • Raquel Valezi

    Deliciosa e altamente nutritiva.
    🙂

  • Pingback: Omelete de forno - Minha Marmita Tem()

  • Pingback: Dia da Gula - meu top 5 comidas favoritas - Minha Marmita Tem()

  • Pingback: Rolinhos de lasanha (a.k.a. lasanha de solteiro) - Minha Marmita Tem()

  • Pingback: Cardápio: marmita sem glúten - Minha Marmita Tem()