Minha Marmita Tem

receita de almôndegas de frango

Almôndegas de frango

Engana-se quem pensa que as almôndegas só existem para serem comidas na macarronada. Almôndegas de frango são deliciosas (ok, as de carne também!!!) para levar na marmita, junto de acompanhamentos mais básicos como arroz e purê.

Aqui em casa, a gente não é muito fã de comprar alimentos congelados industrializados (alguns legumes a gente compra e tem estocado no freezer, para dar uma ajuda esperta quando parece que não tem nada na geladeira, mas evitamos comprar nuggets, almôndegas, lasanha, esse tipo de coisa…), por isso gostamos de fazer as nossas próprias almôndegas de frango!

almôndega na marmita

É um pouquinho demorado, mas é sucesso total, e você ainda fica com aquela sensação de que sabe de onde veio a sua comida (ok, a origem do frango em si ainda é uma incógnita).

receita de almondegas de frango

Ingredientes

  • 500g de peito de frango moído (não é muito normal encontrar frango moído na vitrine do açougue, mas se você pedir, eles moem na hora!)
  • 2 colheres de sopa de creme de cebola em pó (para dar liga)
  • Temperos a gosto (sugestão: sal, pimenta do reino e lemon pepper – um temperinho mágico em pó com gostinho de limão que compramos na Zona Cerealista)
  • Azeite de oliva para fritar

Como fazer

  • Lave bem as mãos;
  • Coloque o frango moído em uma vasilha e misture (com a mão mesmo!) os temperos e 1 colher de sopa do creme de cebola em pó;
  • Preste atenção em como está a textura do frango e se já é possível formar bolinhas com ele. Caso ainda não esteja ~grudando~ o suficiente, coloque a outra colher de creme de cebola e misture de novo;
  • Quando chegar ao ponto certo (firme porém pegajoso), é hora de fazer as bolinhas, digo, almôndegas: enrole-as na palma da mão do tamanho mais ou menos de um ferrero rocher e disponha-as em uma bandeja, tentando não grudar uma na outra;
  • Preencha o fundo de uma frigideira larga com o azeite de oliva (não é necessário encher demais, pois a fritura não será por imersão) e, quando estiver quente, coloque almôndegas suficientes para completar a frigideira, mas deixando espaço entre elas;
  • Como a fritura não será por imersão, ela demora um pouco mais: será preciso virar as almôndegas para que elas fritem igualmente de todos os lados. Faça isso com a ajuda de um garfo e uma espátula;
  • Quando estiverem tostadinhas de todos os lados, retire-as da frigideira com uma escumadeira e primeiro deixe-as num escorredor de metal, para somente depois de alguns minutos passá-las para uma bandeja forrada com papel toalha;
  • Repita o processo até ter fritado todas as almôndegas de frango.

Os 500 gramas de frango moído renderam 32 almôndegas, o que foi perfeito para o nosso esquema de marmita, pois separo cada refeição em 4 potinhos (1 para cada um de nós por 2 dias), então foram 8 almôndegas para cada. Complementei com purê de batata com um pouco de requeijão e arroz de açafrão com cenoura ralada, pedaços de gorgonzola e molho de tomate (que deixou tudo mais molhadinho, já que as almôndegas foram feitas sem molho).

marmitas prontas

Curtiu? Não se esqueça de postar sua foto com a hashtag #minhamarmitatem se fizer essa receita, estou curiosa para ver!

Comente o que achou!

comments

  • Thiago Neto

    Aqui no Canadá (cof cof cof) tem carne de porco moída no mercado. Vou testar almondegas de porquinho ^_^

    • Nossa, parece ser uma delícia!!! Vou tentar pedir no açougue, pra ver se eles moem pra mim 😀

  • Thiago Neto

    Ah, minha avó fazia também ao invés de almondegas uns tipo hamburguinhos. Desse jeito não precisa ficar virando tanto (só é necessário um flip) e elas cozinham por dentro mais rápido.

  • Camila Duarte

    Meu Deus! Que delícia essa receita!! Adorei as suas marmitas também!! Estão super apetitosas! Um beijo

  • It Glamour

    Que delícia de receita! Adorei! Vou fazer e te conto! Beijos