Minha Marmita Tem

aula sobre macarrão

Tudo sobre massas

Durante o Encontro Gourmet, tivemos várias aulas e workshops; uma delas foi da La Pastina, importadora de alimentos e bebidas gourmet, que apresentou a marca Rustichella d’Abruzzo através de Manuela Barbolan, que é italiana, food blogger e embaixadora da marca aqui no Brasil. Conheça mais seu trabalho clicando aqui.

Nessa aula, Manuela nos contou sobre a marca, que existe desde 1924, e aprendemos um pouco sobre o processo artesanal de fabricação das massas. Além disso, experimentamos um prato delicioso feito na hora com apenas queijo e pimenta: o cacio e pepe (literalmente, queijo e pimenta em italiano). Era uma delícia, provando que, quando a massa é de qualidade, fica boa mesmo com acompanhamentos simples.

05-rusttichella-cacio-e-pepe

Ela nos tirou várias dúvidas e ensinou como a massa deve ser preparada para que dê tudo certo. O primeiro passo é escolher uma marca de qualidade 😉

Veja as principais perguntas e respostas que tivemos em nossa aula sobre massas:

Que tipo de panela devo utilizar ao cozinhar macarrão?

Uma panela grande, que comporte água suficiente para cobrir a massa por inteiro. O ideal é que esta panela seja de fácil manejo para despejo da massa ao escorredor.

Qual a quantidade ideal de água para o cozimento da massa?

Estima-se 1 litro de água para cada 100g de massa. Cozinhar a massa em quantidade de água conforme o recomendado evita que a massa não alcance o ponto desejado.

Quanto de sal devo colocar na água do cozimento?

Em geral, considera-se 10g de sal por litro de água. O sal recomendado é o sal marinho. O momento ideal para a adição do sal é quando a água chegar em seu processo de ebulição.

Qual o momento de colocar a massa na água?

Logo após o sal, aguarde a água começar a borbulhar e então adicione a massa.

Espuma durante o preparo é normal?

Sim, porém quanto mais natural, menos industrializada e de maior qualidade for a massa, menos espuma haverá durante seu preparo.

Devo sempre ferver a água?

Sim. Normalmente, ela tende a diminuir a quantidade de bolhas, mas tenha cuidado para não perder o ponto de ebulição. Não adicione óleo ou azeite. Nunca lave massas. Não adicione água fria.

Por quanto tempo devo cozinhar a massa?

Não há tempo padrão, geralmente as próprias embalagens indicam o tempo ideal. Esta informação nunca terá regra, pois existem variáveis como a qualidade da água, altitude, entre outras. O que devemos atentar sempre é somente ao fato de que a massa continuará seu processo de cozimento mesmo fora da água, por até 2 minutos, por isso é importante levarmos a massa ao escorredor um pouco antes do ideal, para que, ao ser consumida, esteja al dente.

Qual porção de massa por pessoa devo considerar?

Geralmente calcula-se de 70g a 80g de massa por pessoa. Para porções mais caseiras, onde as pessoas tendem a consumir em quantidades um pouco maiores, podemos considerar cerca de 100g por pessoa. Estas quantidades podem variar de acordo com o prato, seu preparo e acompanhamentos. No caso de sopas, por exemplo, certamente a porção de massa por pessoa será menor.

Como posso reaproveitar a massa já cozida?

Muitas pessoas adoram a massa aquecida. Ela pode ser reaproveitada de várias maneiras saborosas: com molho de tomate simples, ao forno, cozida, com azeite extravirgem ou em alguns casos até mesmo com a adição de algum tipo de queijo. A massa pode ser reinventada de várias maneiras, basta usar criatividade!

Comente o que achou!

comments

5 Comments

  1. Quarta do macarrão: spaghetti à bolonhesa - Minha Marmita Tem

    7 de janeiro de 2017 at 14:11

    […] em casa, toda quarta-feira tem macarrão na marmita! É como se fosse um “dia de descanso” da marmita comum feijão-com-arroz, e […]

  2. A cultura japonesa e o melhor jeito de levar bife na marmita - Minha Marmita Tem

    21 de janeiro de 2017 at 13:59

    […] à boca, sem necessidade de cortar nada (nesse caso, a gente pode incluir até os diversos tipos de macarrão, já que também podem ser comidos sem o uso de uma faca). Isso, além de prático, permite que a […]

  3. Capeletti in brodo - Minha Marmita Tem

    25 de janeiro de 2017 at 19:17

    […] brodo nada mais é do que o caldo. Ou seja, capeletti in brodo é qualquer macarrão capeletti que fica no seu caldo. A receita que vou passar aqui é a feita com frango, mas ela […]

  4. Testando: macarrão à carbonara na marmita - Minha Marmita Tem

    6 de abril de 2017 at 21:34

    […] o spaghetti conforme as instruções da embalagem (e clique aqui para aprender alguns segredos sobre como fazer macarrão de um jeito […]

  5. Socorro, não tem nada na geladeira! - Minha Marmita Tem

    6 de outubro de 2017 at 22:59

    […] De verdade. Não apenas miojo! Sempre temos alguns pacotes de spaghetti, penne, e por aí vai. Usamos bastante então compramos bastante, para nunca faltar. Também temos sempre um pacote de macarrão pequenininho para quando decidimos fazer sopas. Descubra alguns segredinhos para fazer um macarrão perfeito clicando aqui. […]